sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Fast's Fashion fora de Moda.

Ontem a mídia bombou com notícias sobre o envolvimento da Zara com trabalho escravo. Naquela sede de curiosidade para saber do que se tratava, fui fazer uma pesquisa.



Durante a fiscalização de várias oficinas de costura na cidade de São Paulo, foram encontrados grupos de trebalhadores submetidos a condições precárias, bolivianos e peruanos recebiam salário entre 274,00 e 460,00 reais. Oficinas essas que terceirizavam peças para a rede de fast fashion.

A equipe de relações públicas da empresa defende.

“Tal fato representa uma grave infração de acordo com o Código de Conduta para Fabricantes e Oficinas Externas da Inditex, assumido por este fabricante contratualmente. O Código de Conduta (…) defende a máxima proteção aos direitos dos trabalhadores.”

“Ao ter conhecimento dos fatos, a Inditex exigiu que o fornecedor responsável pela terceirização não autorizada regularizasse a situação imediatamente. O fornecedor assumiu totalmente as compensações econômicas dos trabalhadores tal como estabelece a lei brasileira e o Código de Conduta Inditex. Além disso, as condições de trabalho dos terceirizados estão sendo regularizadas (…)”

“A Inditex, em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil, vai reforçar a fiscalização do sistema de produção tanto deste fornecedor como de todos os outros no país, para garantir que casos como este não se repitam.”


Infelizmente a rede de lojas de departamento espanhola não é a única acusada, mais cinco estão envolvidas.  Entre elas a Marisa, Collins, Pernambucanas, Sete Sete Cinco e a nossa amada loja, quem sempre garimpamos a CeA.

2 comentários:

  1. Mais ZARA É ZARA amo as roupas de lá arraso sempre com elas infelizmente aqui em jampa não tem. =(

    ResponderExcluir
  2. A minha opinião é que isso não justifica falta de profissionalismo, ética e principalmente humanismo. Pelo fato de a empresa diretamente envolvida ser uma terceirizada da marca, também continuo AMANDO o bom gosto da Zara, e também lamento BASTANTE não ter aqui em nossa cidade. Obrigada pela opinião linda! Amo ver o feedback de vocês.

    ResponderExcluir